Artigos e Publicações
Perfil comportamental e competência social de crianças e adolescentes com distrofia muscular de Duchenne

Estudos de Psicologia, 17(1), janeiro-abril/2012, 179-186


A distrofia muscular de Duchenne é uma doença genética caracterizada por enfraquecimento muscular progressivo e degeneração irreversível, acompanhados por danos sensoriais e neuropsicológicos. Os objetivos do estudo consistiram em avaliar o perfil comportamental de crianças/adolescentes com DMD e a influência do prejuízo motor, da idade no início do uso de cadeira de rodas e da idade no diagnóstico. Participaram 34 pacientes e 20 controles. Os pacientes formaram dois grupos conforme o quociente de inteligência (QI). Os pais responderam ao Inventário de Comportamentos da Infância e da Adolescência. Pacientes com DMD obtiveram escores mais baixos em Atividades e Sociabilidade (< 0,01; ANCOVA).

Os pacientes com QI < 80 apresentaram menores índices de Escolaridade. O prejuízo motor e as idades referentes à cadeira e ao diagnóstico correlacionaram-se com sintomas psiquiátricos/somáticos e problemas escolares. Os achados enfatizam a necessidade de programas educacionais acerca da doença como base para o desenvolvimento de estratégias de inclusão social.

Palavras-chave: distrofia muscular de Duchenne; comportamento; problemas sociais; inteligência.

Elaine Cristina Zachi;
Anita Taub;
Dora Fix Ventura.

OUTROS ARTIGOS